Roche – Nossa Gente - Eduardo Guido Di Vernieri

Conhe?a a história de?Eduardo Guido Di Vernieri

?

Aluno de Engenharia Mecatr?nica na USP, Eduardo, 26 anos, foi efetivado em novembro de 2016 como Consultor Laboratorial Jr. depois de participar do programa de estágio da Roche.

?

Tudo come?ou com uma inscri??o na internet para o processo seletivo da Roche para uma vaga na área de Consultoria Laboratorial. A meta do Eduardo era conseguir uma oportunidade em uma grande empresa, onde pudesse ter uma experiência rica durante o estágio para se desenvolver profissionalmente – tanto pelo contato com pessoas com diferentes vivências quanto participando da execu??o de projetos.

?

Aprovado na sele??o, Eduardo se surpreendeu nos primeiros meses com a uni?o dos membros do time. Mesmo quando a demanda aumentava e, consequentemente, a press?o pela entrega de resultados, a equipe da área de Consultoria mostrava muita uni?o e cada um se preocupava com o outro, o que deixava o ambiente de trabalho bastante agradável – “Para mim, ficou muito claro o valor que o time dá para as pessoas, o que é um grande diferencial da equipe de Consultoria”.

?

Abordagens diferentes para um dia a dia desafiador

?

O tempo foi mostrando para Eduardo que, na área de Consultoria, n?o existe rotina. Cada projeto é único, ent?o, é preciso sempre pensar de uma maneira diferente e inovar para resolver os desafios que se apresentam. O que, segundo ele, torna o dia a dia mais dinamico e permite se desenvolver a cada momento. Dessa forma, ele teve a oportunidade de participar de vários projetos grandes nos maiores laboratório do Brasil, bem como em hospitais de referência.

?

Em um desses projetos, por exemplo, Eduardo conta que teve a chance de aprender a solucionar problemas reais cheios de detalhes junto com quem desenvolve, na matriz, os equipamentos e as ferramentas internas de análise que s?o oferecidas para os clientes. “Conheci pessoas de outras culturas, com formas diferentes de abordar um problema e de chegar a uma solu??o. Tudo isso me capacitou para o desenvolvimento de solu??es nos demais projetos que participei”.

?

Ele revela, ainda, que sempre aproveitava as oportunidades que surgiam em um projeto do qual participava para desenvolver ferramentas para ajudar o time na análise dos dados enviados pelos clientes. Isso fez com que, ocasionalmente, ele colaborasse em projetos que possuíam interface com outras áreas da Roche.

?

Reconhecimento da dedica??o leva a novas experiências

?

Com a sua efetiva??o na Roche, em novembro de 2016, Eduardo passou a ocupar o cargo de Consultor Laboratorial Jr. Ele diz que ficou muito satisfeito ao receber a carta proposta, pois percebeu que a Roche reconheceu o seu trabalho e quis ajudá-lo a se desenvolver – “Vou me dedicar para fazer valer a confian?a que depositaram em mim. A minha expectativa é contribuir, cada vez mais, com novas solu??es nos projetos e com o crescimento da empresa, além de continuar a aprender sempre”.

?

Ele tem várias responsabilidades no dia a dia: desde tarefas de monitoramento e controle interno dos projetos de consultoria - como analisar o andamento deles versus os KPIs da área de Consultoria, receber pedidos de projetos e criar reports; até prestar auxílio aos consultores nos projetos que realizam para os clientes, por exemplo, elaborando o layout de um novo laboratório, fazendo análise dos dados recebidos dos clientes, definindo quais máquinas ser?o oferecidas e elaborando o cronograma.

?

“Estou na Roche Diagnóstica há, aproximadamente, dois anos e a experiência está sendo extremamente positiva. Conheci pessoas incríveis, tive experiências fantásticas e acredito que n?o poderia ter escolhido uma empresa melhor para come?ar minha carreira. Apesar de se tratar de uma área diferente da que tradicionalmente um engenheiro mecatr?nico trabalha, pude utilizar vários conceitos que vi na faculdade para acrescentar às diversas experiências do time de Consultoria e aprendi muito mais do que esperava aprender durante meu estágio” - finaliza.