Promo??o de cuidados com a saúde e novos modelos de negócio potencializam a sustentabilidade da saúde suplementar

?

Ado??o de programas de preven??o possibilitam melhor qualidade de vida aos usuários e podem reduzir os custos dos planos de saúde

?

O ditado “prevenir é melhor do que remediar” faz sentido tanto para o desenvolvimento sustentável da saúde suplementar quanto para o bem-estar dos beneficiários dos convênios de saúde. Além de elevar as expectativas de cura ou de melhor controle de doen?as cr?nicas, a preven??o e a ado??o dos cuidados preventivos contribuem diretamente para a redu??o dos custos no setor.

Um estudo realizado pelo Centro Paulista de Economia da Saúde da Universidade Federal de S?o Paulo (Unifesp), que analisou o período de quatro anos de despesas de 274 usuários de planos de saúde, apresentou que 70% dos gastos ocorreram no último ano de vida do paciente e interna??es clínicas refletem 89,2% dos custos.

Com o objetivo de fomentar discuss?es acerca do tema e ressaltar a importancia da consciência da popula??o em saúde preventiva, o jornal O Estado de S?o Paulo, em parceria com a Roche Farma Brasil, elaborou o último conteúdo da série “Caminhos para Saúde”- que destaca alternativas para ampliar o acesso à saúde no país.

Confira aqui.